Cumprindo o pedido do marido (falecido)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cumprindo o pedido do marido (falecido)

Mensagem por brasuca em Ter 25 Nov 2008, 12:48 am

Penso que vale a pena o registro...Uma amizade que nasceu na tropa
Estive na Guiné entre 72 e 74 (C.Caç. 3566 "Os Metralhas". E como aconteceu com todos nós, sempre temos um companheiro especial... Alguém com quem partilhamos nossos momentos de alegria, de tristesa.... enfim; um companheiro de todos os dias.
E eis que após o término da tropa, eu regresso ao Brasil (país aonde eu vivia anteriormente á tropa). Após alguns anos no anonimato, graças ao trabalho constante de um ex integrante da "nossa" companhia, o Xico Allen, que se empenhou em tentar localizar os antigos integrantes d´Os Metalhas, fui localizado aqui na cidade de São Paulo. Após o que, mantive contacto com alguns dos meus antigos companheiros de farda, inclusivé com o meu mais fiel companheiro de mato e de paródias, o ANTONIO JOAQUIM ROSA GONÇALVES apelidado de Alentejano (que Deus chamou prematuramente para perto de sí).
Mas o que quero dizer (e que todos saibam), é que o Alentejano, devido ao alto grau de amizade que tinhamos, programou; ele e a esposa MARIA CLARINDA, virem ao Brasil, para reverem a mim (O Brasuca, apelido pelo qual eu era conhecido).... Mas infelismente ele partiu.... Porém (dito pela esposa dele, a Maria Clarinda) 3 dias antes de falecer, ele teve algumas melhoras, aonde a Ma.Clarinda lhe disse que assim que tivesse alta, que tratariam de tudo para cá virem. Aonde ele (pressentindo o fim....) pediu á esposa, que caso ele não sobrevivesse, que ela lhe prometesse que tão logo pudesse, cumprisse o seu desejo.... DE ABRAÇAR O BRASUCA...............
E eis que ao escrever esta mensagem, tenho aqui atráz de mim (na cidade de Itanhaém /SP), a MARIA CLARINDA 9 anos após o falecimento do Alentejano.... Foi emocionante a sua chegada ao aeroporto! Aonde entre lágrimas (tanto dela como minhas e também da minha esposa) ela exclamava em voz alta: "Agora posso morrer descançada, consegui fazer o gôsto do meu marido"....
Estou escrevendo isto, como forma de agradecimento á esposa do meu amigo/irmão, que não mediu esforços para concretizar o desejo de seu amado marido.... e para que todos o saibam e valorizem esses laços de amizade que contraimos no tempo de tropa, e que criam raizes para o resto da vida.... Sei que o Alentejano está em outro "patamar".... mas sua presença será perpétua entre nós.
BEM HAJAM A TODOS OS ANTIGOS COMPANHEIROS DE FARDA, independente de patente ou arma.
Obrigado especial ao Xico Allen, que sem ele não teria tido estes momentos de tanta alegria.

Joaquim Pinheiro da Silva - o brasuca
C.Caç. 3566 "Os Metralhas" GUINÉ 72/74
avatar
brasuca

Número de Mensagens : 2
Idade : 67
Data de inscrição : 03/07/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum