Leiria: Monumento de Homenagem às Mulheres dos Combatentes do Ultramar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Leiria: Monumento de Homenagem às Mulheres dos Combatentes do Ultramar

Mensagem por JC Abreu dos Santos em Sex 16 Jul 2010, 2:54 pm

Estimado veterano José Sande Vasconcelos, caros camaradas-de-armas,

Subscrevo, integralmente, a opinião supra publicada.

Cpts,
João Carlos Abreu dos Santos
avatar
JC Abreu dos Santos
Admin

Número de Mensagens : 17
Idade : 66
Data de inscrição : 26/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leiria: Monumento de Homenagem às Mulheres dos Combatentes do Ultramar

Mensagem por Pirada em Sex 16 Jul 2010, 10:35 am

Opinião de José Sande Vasconcelos e a notícia no Jornal Correio da Manhã, de 09Jul2010

Embora nada justifique, muito menos desculpe, o estado a que se deixou chegar o 'Monumento à Mulher', em Leiria, será de aproveitar o sucedido para alguma análise sobre o assunto.

Estive presente à sua inauguração e, tendo acompanhado, ainda que à distância, a sua génese e construção, só me apercebi, na altura e no local, em que é que o mesmo consistia. Já na cerimónia de apresentação que a antecedeu, nos Paços do Concelho, tinha ficado desconfiado, como  muitos dos outros ouvintes, ex-combatentes e familiares, ao ouvir a exposição de um dos autores do projecto e mesmo a intervenção da Presidente da Câmara, por me parecer se estar a 'intelectualizar' demasiado o que deveria ser simples e puro, meramente figurativo, directo. Em vez disso aparece um 'obra de arte' que, conforme Mães e mulheres, mesmo algumas viúvas, de ex-combatentes que contactei então,   nada lhes dizia e onde não se reviam. Daí também a impressão com que  muitos ficaram, de que o 'Monumento' em breve serviria para tudo menos  para ser respeitado...

O mal talvez tenha sido entregar o projecto a alguém de uma geração que já olhou a guerra, e os que nela estiveram envolvidos, de uma forma mais racional do que sentida, o que esperamos não venha a acontecer com o projectado, pela Câmara Municipal de Lisboa para a zona de Alcântara/Rocha do Conde de Óbidos, 'Monumento ao Combatente'  e o proposto, pela CCaç. 2655 - 'Dianas Negros' já em Abril de 2001 para Belém, 'Monumento à Família do ex-Combatente', nos quais se devem projectar, e ver, as próprias pessoas e o seu sentir, o combatente, o seu esforço, a sua dor, a sua entrega, no primeiro caso; a Mãe, a esposa, a companheira, o Pai, os filhos, os irmãos, a ansiedade, a incerteza, também o sofrimento, também a esperança, no segundo.

Claro que esta 'crítica' não se coloca em relação ao 'Monumento aos  Combatentes' em Belém, um dos mais belos, dignos e bem conseguidos em todo o Mundo, já que aqui o que se homenageia, mais do que o indivíduo/herói, é a Honra, a Imortalidade dos 'que das leis da morte se vão libertando', algo sublime que, por etéreo, não pode ser figurado.

José Sande Vasconcelos


avatar
Pirada
Admin

Número de Mensagens : 645
Data de inscrição : 19/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum