Colégio Militar - Roberto Durão, coronel 'cmd', responde a Dona Berta, secretária adjunta.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Colégio Militar - Roberto Durão, coronel 'cmd', responde a Dona Berta, secretária adjunta.

Mensagem por Pirada em Sab 07 Set 2013, 10:33 pm

Roberto Durão, coronel 'cmd', responde a Dona Berta, secretária adjunta.

1. -----------------------------------------------------------------------
de: Roberto Durão [¹]
para: JC Abreu dos Santos
data: 6 de Setembro de 2013 às 14:32
assunto: Re: 2 recortes de imprensa (ambos de 02Set2013)

Meu caro amigo

Agradeço o escrito ou carta dessa Berta Cabral Sec. de Estado do MDN, publicada no D. Not.
É muito fácil responder-lhe pois ela ao defender os direitos das mulheres, não deixa de ter certa razão ao referir-se às enf. pára-quedistas, pilotas da Força Aérea, a ela própria recentemente na Política, etc, etc.
Tudo bem, porém (fruto de um certo complexo feminil) está a confundir as coisas, a baralhar tudo.
Parece que o seu objectivo é apenas destruir o COLÉGIO MILITAR, transformando-o num "estabelecimento" de estudo misto (rapazes e raparigas), quando se tornou, pela sua História e características próprias, numa Instituição de mais de dois séculos que deve ser respeitado desde a sua origem, como Árvore que deu muitos dos seus melhores frutos ao País e até ao mundo.
Destruí-lo, é destruir a nossa própria HISTÓRIA.
Isso nada tem a ver com a igualdade de direitos dos dois sexos (podendo até haver colégios só para rapazes ou só para raparigas, como são o CM e o INST. de ODIVELAS, desde que tenham dado provas do seu valor e eficácia, como é o caso).
Eu até poderei aceitar, como discutível mas possível solução, a ideia de estudos mistos com rapazes e raparigas no CM ou em Odivelas (por que não dar também o direito aos rapazes de estudarem lá, o que vem ao encontro dos argumentos dessa tão «inteligente feminista» que é a Sr. D. Berta).
Mas, por amor de Deus, ela não pode nem deve esquecer que são ADOLESCENTES e por isso é absolutamente estúpida e irrealista, a ideia que já não sei se ainda têm, de meter as meninas a dormir no mesmo espaço do CM, ou vice-versa. Não cabe na cabeça de ninguém. Há outras soluções mais adequadas e realistas.
POR FAVOR, DIGNEM-SE OUVIR (o que não têm feito no MDN), AS ASSOCIAÇÕES, O CM, O INST. de ODIVELAS (e não só).

DIVULGA isto que te envio o mais possível, e em especial a essa Senhora D. Berta, pois a minha cultura internética não dá para tanto.

Abraço grande para ti e todos vós
do Rob D.

2. -----------------------------------------------------------------------
de: Roberto Durão
para: JC Abreu dos Santos
data: 6 de Setembro de 2013 às 16:22
assunto: Artigo para o ZACATRAZ - "A Machadada final?"

Caro amigo
Aproveito para enviar antecipadamente o artigo, que só será possível sair em Novembro próximo.
Divulga-o conforme achares viável pelas vias que achares ser mais convenientes, outros jornais ou, nomeadamente, à malta que tenho ouvido na TVI e que tentam tudo por tudo. Com êxito ou sem êxito, estou com eles.
Abraço do Robd.

-----X-----

«Machadada final ou grave ofensa a uma Instituição(até o nome lhe pretendem mudar!...) com mais de dois séculos de história!
Será que por detrás disto não haverá interesses ocultos "economicistas" que optam por alterações não realistas, ferindo quase de morte (por ignorância ou intencionalmente?) desrespeitando, nas suas raízes e tradições profundas, a mística, os altos valores que orientam as mais prestigiadas Instituições. Neste caso o Colégio Militar, que nunca se mostrou alheio a certas mudanças naturais que não destruam a sua Essência e Princípios. Deixem-no Ser, deixem-no viver como é, não almejando nada mais do que Servir a Pátria (quem conhece hoje o sentido real e profundo desta palavra?). Árvore de 210 anos que tem ofertado muitos dos seus melhores frutos ao País e até mesmo ao mundo!
Ninguém duvida que haverá algumas alterações e mudanças a fazer, mas não como alguns que detêem o poder querem implementar sem se dignarem ouvir-nos. A Ass. dos Antigos Alunos do C. Militar (e não só), está aberta para apresentar outras soluções mais adequadas. Todos sabem ao que me refiro.
Termino esta mensagem dizendo apenas isto, com tristeza (não confundam com saudosismo):
Vá, estraguem, destruam aquilo que de mais valioso e puro ainda temos e guardamos com orgulho e fé! De uma coisa ficai certos: «Não vos darei o meu machado!...».
Não posso acreditar que alguém (com ou sem machados, por ocultos interesses ou não), jamais conseguirá derrubar ou fazer estranhos e absurdos «enxertos» a esta Árvore mais que bicentenária.
Repito, há outras opções, temos outros projectos. Só precisam de nos ouvir. Temos connosco o poder da convicção e do diálogo, o realismo da inteligência ou, por outras palavras, «A FORÇA DA RAZÃO» e não "A razão da Força"».


---
[¹] m/inf: Roberto Ferreira Durão, nascido em 28Fev1932 em Évora; aluno 15 de 1942 no Colégio Militar; oficial de Cavalaria, ex-prisioneiro da UI em Goa; cumpriu três comissões de serviço militar ultramarino em Angola; exerceu docência no Colégio Militar; coronel de cavalaria 'comando', desde 1998 na situação de reforma.


_________________

avatar
Pirada
Admin

Número de Mensagens : 665
Data de inscrição : 19/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum