Formação Militar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Carne para Canhão

Mensagem por António Mourato em Sex 31 Jul 2015, 7:08 pm

Sem a mínima duvida, com excepção dos Pára-quedistas, Fuzileiros e Comandos, só as Companhias de Caçadores Especiais e mais tarde os oficiais e sargentos que fizeram o curso de OE (Operações Especiais - Rangeres) estavam minimamente preparados para a actividade operacional no teatro de operações. Se calhar estou aqui a escrever porque passei por Penude, senão possivelmente não estaria por cá (quem por lá passou compreende o que quero dizer). Os praças que formavam as Companhias de Caçadores normais, mais do que militares e combatentes foram autênticos heróis ao sobreviver, com a pobre formação que lhes era ministrada, antes de serem metidos em barcos, depois em aviões e despachados para o teatro de operações, sem a mínima formação adequada. Aprenderam à sua custa no cenário de guerra em que se viram envolvidos. Perguntem a quem por lá andou que foi enviado como carne para canhão o que de facto lhe transmitiram durante a recruta e a especialidade que fizeram. E a resposta não pode ser outra que não seja: Ensinaram-me a obedecer "disciplina, disciplina, disciplina". AM (ex-alferes)

António Mourato

Número de Mensagens : 2
Idade : 67
Data de inscrição : 06/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Contacto

Mensagem por elviofaria em Dom 17 Out 2010, 11:47 am

Sou ex-combatente.Fui Sargento"COMANDOS"do Grupo de comandos"Os Apaches" em Angola 1963/1965.Desejo contactar,por e-mail ou por qualquer outo meio. os meus antigos camaradas pertencentes a esse grupo.Aqui vai o meu email.elviofaria@netmadeira.com.Abraços para todos e saudações.Élvio Faria.

elviofaria

Número de Mensagens : 1
Idade : 76
Data de inscrição : 16/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Formação Militar

Mensagem por PEREIRA GARCEZ em Sab 24 Abr 2010, 10:03 am

A minha formaçao militar começou em Agosto de 1962,
na GACA3 em Espinho, depois passei para Torres Novas
para tirar o curso de Amanuense do qual sai como 1°CABO tranferencia para Sacavem onde fiz serviço
como escriturario até ser mobilizado para Angola no
B.Caç442 embarcando em 6 de Março1963,chegado
a Luanda deram-nos uma Mauzer epartimos para
Muchaluando CCS Maria Fernanda405 Mucondo406
e Tari 407 tudo isto perto de Nambuangongo, a
partir dai tive uma FN com a qual fiz o resto da co-
missao, em Angola nunca fiz o serviço Amanuense
tendo feito o 1°curso de Comandos , e, tendo
servido como 1°Cabo CMD no Grupo de Comandos
os Apaches ao serviço do Q.G. de Angola, regres-
sando ao "puto" em Junho de 1965
avatar
PEREIRA GARCEZ

Número de Mensagens : 77
Idade : 75
Data de inscrição : 04/05/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Formação Militar

Mensagem por dias em Dom 04 Abr 2010, 7:10 pm

João Ferreira escreveu:No meu modesto entendimento apenas as tropas especiais tinham uma praparação base capaz de, logo que presentes no teatro de operações, começar a actividade operacional. Mesmo assim não dispensavam a aquisição de algum tipo de conhecimentos sobre o IN: modo de operar, efectivos, tipo de armamento, entre muitos outros.
De todas as especialidades militares operacionais que tive a possibilidade de poder ver actuar no terreno a que me pareceu melhor preparada em todos os aspectos foi a dos os Rangers (Operações Especiais). Só foi pena que apenas tivessem formado graduados (oficiais e sargentos). Se também tivessem formado praças para poderem actuar em pequenas unidades de combate, penso que seriam imbatíveis.
Pude conhecer uma unidade verdadeiramente excepcional de contra-guerrilha. Era constituída pelos "pisteiros" rodesianos, oficialmente conhecidos como Selous Scouts. Eram a nata da nata. Verdadeiros animais de guerra.
Saudações veteranas.
Amigo joão
é verdade o que dizes mas sabes nós tinhamos a guerra de AFRICA ganha só que ........não aconteceu.
depois o CAETANO que procurou saber como combater a guerrilha através da experiência no Vietnam até comprou elicopeteros mas ficava muito caro e o projecto faliu.
avatar
dias

Número de Mensagens : 57
Idade : 71
Data de inscrição : 02/07/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Formação Militar

Mensagem por dias em Dom 04 Abr 2010, 6:56 pm

matos escreveu:Qual a vossa opinião sobre a formação militar, para enfrentar a guerra do Ultramar, do ponto de vista da:

Classe de praças;

Casse de Sargentos;

Classe de Oficiais.


Sabe-se que não vai alterar nada, mas podemos dar a nossa opinião para que se escreva a História.
Amigo Matos
É complicado opinar porque como sabes, depende de vários factores a começar pelas ESPECIALIDADES pelos
ANOS em que cada um teve formação militar; eu por exemplo começei em 1966/67 MAUSER quando cheguei a África deram -me uma g3 novinha; em 1961 treino com mauser e em Africa tinham a MAUSER.
1970 treino com g3 AFRICA G3 creio não estar enganado.
abraço


Última edição por dias em Dom 04 Abr 2010, 7:19 pm, editado 1 vez(es)
avatar
dias

Número de Mensagens : 57
Idade : 71
Data de inscrição : 02/07/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação militar

Mensagem por dias em Sab 03 Abr 2010, 12:06 am

A minha formação começou na Cica 1 PORTO.(carta de condução e recruta). depois Escola Prática em Sacavém curso mecanico Auto e treino militar...depois STA: Margarida curso de mecãnico de equipamento pesado de engenharia ...treino militar crosses de 10klm ida e volta com a Mauser, saltar de camions em andamento com a MAUSER.Percorridos mais ou menos 16 meses de tropa fui mobilizado em rendição individual
para o norte de Moçambique para cumprir a minha especialidade. Mas não foram Rosas o tempo que passei
no norte sendo o LUNHO o local que jamais esquecerei; portanto sendo a minha especialidade de máquinas
acho que tive treino militar suficiente, com a grande injustiça de me mobilizarem com 16 meses ou seja
fui para a tropa em Janeiro de 1966 e sai da tropa em 12 de Novembro de 1969. Cada ex-combatente que por lá
passou sentiu e sofreu uns muito mais que outros como é evidente, sem esquecer os deficientes e os que morreram e que hoje infelizmente pertencemos a um passado que ninguém quer falar...
grande abraço para todos os ex-combatentes
dias


Última edição por dias em Sab 03 Abr 2010, 12:23 am, editado 1 vez(es) (Razão : correcção)
avatar
dias

Número de Mensagens : 57
Idade : 71
Data de inscrição : 02/07/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Formação Militar

Mensagem por João Ferreira em Seg 22 Fev 2010, 10:47 pm

No meu modesto entendimento apenas as tropas especiais tinham uma praparação base capaz de, logo que presentes no teatro de operações, começar a actividade operacional. Mesmo assim não dispensavam a aquisição de algum tipo de conhecimentos sobre o IN: modo de operar, efectivos, tipo de armamento, entre muitos outros.
De todas as especialidades militares operacionais que tive a possibilidade de poder ver actuar no terreno a que me pareceu melhor preparada em todos os aspectos foi a dos os Rangers (Operações Especiais). Só foi pena que apenas tivessem formado graduados (oficiais e sargentos). Se também tivessem formado praças para poderem actuar em pequenas unidades de combate, penso que seriam imbatíveis.
Pude conhecer uma unidade verdadeiramente excepcional de contra-guerrilha. Era constituída pelos "pisteiros" rodesianos, oficialmente conhecidos como Selous Scouts. Eram a nata da nata. Verdadeiros animais de guerra.
Saudações veteranas.

João Ferreira

Número de Mensagens : 1
Idade : 66
Data de inscrição : 22/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Formação Militar

Mensagem por alentejano2004 em Ter 08 Jul 2008, 1:58 am

Um dos detalhes que mais me impressiona, sempre que penso a respeito, é que jamais se usou uma outra arma que não a velha Mauser, durante todo o tempo de instrução (recruta do CSM 1966) na Escola Prática de Cavalaria. Aprendemos, muito superficialmente, a desmontar e montar uma metralhadora Browning. Tendo a minha especialidade sido a Serviço de Material, nenhum avanço houve nesse campo... Só usei uma Uzi quando em serviço à porta de armas, com o posto de cabo miliciano ou furriel, como sargento da guarda. Tive mais sorte que a maioria ao ir para Timor. Porém, acredito que muitos tenham tido dificuldades ao entrar repentinamente no teatro de guerra onde, realmente, tiveram a verdadeira instrução.
avatar
alentejano2004

Número de Mensagens : 9
Idade : 72
Data de inscrição : 01/01/2008

Ver perfil do usuário http://alentejano2004.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Formação Militar

Mensagem por Luis Santos em Sab 14 Jun 2008, 4:51 pm

Um abraço para todos os Ex-combatentes, e votos de boa saude para todos, na companhia de suas familias.



Luis Santos

Luis Santos

Número de Mensagens : 7
Idade : 68
Data de inscrição : 31/12/2007

Ver perfil do usuário http://ortopedia.cacem@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação Militar

Mensagem por Luis Santos em Sab 14 Jun 2008, 4:49 pm

Amigo Bazooca,

Sou da sua opionião, que nem todos os militares, estavam perparados, para guerra de guerrilha ,nas nossas antigas colónias.
Eu fus Especialista da FAP, tirei a especialidade de Enfermeiro,por convicção e gosto em ajudar o meu semelhante.
Posso dizer, que a minha recruta, tirada na OTA, foi dura, ma valeu a pena.
Quanto ao teatro de guerra que se me apresento, em 1969, quando cheguei a TETE, não era o melhor, em 12971/72, tivemos 10 baixas no AB7 TETE, o que é muitop para uma base aérea, que está na rectaguarda.
Ima das mais pesadas, uma mina anti-carro a caminho do rádio farol, que ficava a 16 km da base. Ai faleceram, dois graduados: O Tenente TMME Luis Filipe Lemos Ferreira, e o Capitão SG Manuel Arrobe.
Numa nissão que decorria no sadzo, um heli-Canhão, despenho-se, com dois colegas meus, José Eduardo Lopes Coimbra 1º Cabo MMAE Artilheiro, e Victor Manuel Castelo Parreira MMA,Mecânico, que não pertecia ir no Heli, era contra as nosmas, quando o canhão etava montado, só poderia ir o piloto e Artilheiro. ambos morreram apos queda do Heli, o piloto safou-se.
UmT6 (Harvert) Bombardeiro, abatido em combate, Era Piloto o Furriel Mesquita, que voava em parelha, com o Salbany,hoge é comandante da TAP. Etc.
Foi uma epoca, muito atribulada.
Perante estes factos, vergo-me, com uma venia de saudade e pesarpor todos os meus colegas, qiue pereceram, no cumprimento do seu dever, paz ás suas almas.

Um abraço para todos,

Luis Filipe de Fesus Ferreira dos Santos - Ex- 1º Cabo enfermeiro nº 195/EP

Luis Santos

Número de Mensagens : 7
Idade : 68
Data de inscrição : 31/12/2007

Ver perfil do usuário http://ortopedia.cacem@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Formação Militar

Mensagem por basuca em Dom 01 Jun 2008, 6:05 pm

Como opinião direi que nem todos estariam preparados para a guerra, a não ser aqueles que, que tiraram especialidades, nas unidades de tropa especial, como em Lamego ou Tancos, e depois mais tarde outras unidades que foram criadas como os Comandos, embora já estivessemos, bem preparados fisicamente muitos dos que para lá foram foi lá que aprenderam as técnicas de guerrilha.
Embora os que foram preparados para estar nas cidades, esses sim já estavam especificamente preparados para essa missão, mas depois de estar em zona de guerra havia muita diferença da cidade.
De qualquer forma direi que nem tudo foi mau, pois certamente todos tiramos lições desse tempo.

basuca

Número de Mensagens : 2
Idade : 67
Data de inscrição : 01/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Formação Militar

Mensagem por Raul Nunes em Seg 05 Maio 2008, 8:55 pm

Caro Camarada
Em reposta à questão por ti apresentada, posso te dizer que no meu caso: Operações Especiais (Ranger's), estávamos altamente preparados para a guerra de guerrilha, que era a guerra do Ultramar. E demonstramos isso no terreno, só nos faltando melhor armamento, pois estávamos limitados à velhinha G3.
Um abraço
Raul Nunes
avatar
Raul Nunes

Número de Mensagens : 3
Idade : 65
Data de inscrição : 27/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Formação Militar

Mensagem por Zé de Portugal em Qui 17 Abr 2008, 6:30 pm

Caro Camarada e Companheiro:
Aqui tens a m/opinião.julgo que eramos militares preparados.psico/Fisicamente.Os Soldados tinham uma instrução,especialidade,e a preparação para África IAO.Falo na classe dos Soldados.A n/preparação era tão BOA que eu não queria ir para a tropa.Fui á Força.Depois de lá estar,convenceram-me que ía defender Portugal.até me deram Louvores e uma medalha.
E eramos melhores que os Americanos no Vietname,só não tinhamos as mesmas condições.
Um abraço
Zé de Portugal

Zé de Portugal

Número de Mensagens : 4
Idade : 71
Data de inscrição : 16/04/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação Militar

Mensagem por matos em Sab 05 Abr 2008, 11:48 pm

Qual a vossa opinião sobre a formação militar, para enfrentar a guerra do Ultramar, do ponto de vista da:

Classe de praças;

Casse de Sargentos;

Classe de Oficiais.


Sabe-se que não vai alterar nada, mas podemos dar a nossa opinião para que se escreva a História.
avatar
matos

Número de Mensagens : 39
Idade : 73
Data de inscrição : 27/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Formação Militar

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum