Faleceu o veterano Eduardo Augusto das Neves Adelino, Major-general - 1ªRep-QG/CTIG e 1ªRep-QG/RMM

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Faleceu o veterano Eduardo Augusto das Neves Adelino, Major-general - 1ªRep-QG/CTIG e 1ªRep-QG/RMM

Mensagem por Pirada em Qui 28 Abr 2016, 7:55 pm

Nota de óbito:

Faleceu no dia 21 de Abril de 2016, o veterano

Eduardo Augusto das Neves Adelino, Major-general (na situação de reforma), membro do conselho supremo da Liga dos Combatentes, serviu na Guiné (em 1965-67 na 1ªRep-QG/CTIG), e em Moçambique (em 1969-71 na 1ªRep-QG/RMM)

Brevíssima resenha castrense:

- em 17Mar1961, major do CEM (oriundo da Infantaria) encontrando-se colocado na AM como professor da 27ª cadeira, agraciado com a Medalha Naval, grau Prata, comemorativa do 5º Centenário da morte do Infante Dom Henrique

- em 20Jun1961 agraciado com a Medalha de Mérito Militar de 2ª classe

- em 07Set1961 colocado na DELNATO como conselheiro militar

- em 20Nov1961 agraciado com a comenda da Ordem Militar de Avis

- em 17Abr1963 exonerado de funções na DELNATO

- em 01Set1963 colocado no EME

- em 22Nov1963 promovido a tenente-coronel

- em 07Dez1963 colocado no SGDN, como adjunto da 1ªRep

- em 15Nov65 agraciado com a Medalha de Prata de Serviços Distintos:

«Manda o Governo da República Portuguesa, pelo Ministro da Defesa Nacional, louvar o tenente-coronel do corpo do estado-maior Eduardo Augusto das Neves Adelino, pela forma criteriosa e inteligente como desempenhou durante dois anos as funções de adjunto da 1ª Repartição do Secretariado-Geral da Defesa Nacional.
Oficial de elevado merecimento, teve a seu cargo, entre outros, os assuntos de carácter operacional respeitantes à defesa do Ultramar, no estudo dos quais demonstrou dedicação, competência e vincada personalidade, que tornaram a sua actuação digna do maior apreço.
Os serviços prestados devem ser considerados relevantes, extraordinários e distintos.
»

- em 18Nov1965 colocado em Bissau, na chefia da 1ªRep-QG/CTIG

- em 1967 regressa à Metrópole

- em 11Jan1969 colocado em Nampula, na chefia da 1ªRep-QG/RMM

- em 03Mar1970 promovido a coronel

- em 13Fev1971 regressa à Metrópole

- em 18Mar1971 colocado na AM, como chefe do gabinete de estudos

- em 24Mar1971 agraciado com a Medalha de Mérito Militar de 2ª classe

- em 04Ago1971 agraciado com a Medalha de Ouro de Serviços Distintos, pelo seu desempenho na chefia da 1ªRep-QG/RMM:

«Louvado o coronel do corpo do estado-maior Eduardo Augusto das Neves Adelino, pela forma muito distinta como desempenhou, durante dois anos, as funções de chefe da 1ª Repartição da Região Militar de Moçambique.
Vivendo intensamente e com uma doação total a sua missão, soube sempre, com oportunidade, senso e inteligência, estudar com equilíbrio, planear com segurança e coordenar com flexibilidade todos os problemas, respeitantes à administração do pessoal daquela Região Militar.
São de salientar os grandes esforços desenvolvidos e os critérios propostos para fazer face à profunda remodelação do dispositivo operacional, às alterações introduzidas na orgânica e à criação de novas unidades, com as consequentes necessidades de enquadramento e as indispensáveis rotações e transferências de pessoal.
Os múltiplos problemas humanos que naturalmente surgem em situação de campanha, encontraram sempre no coronel Neves Adelino uma atenção cuidada e um desejo equilibrado e justo de propôr para eles as melhores soluções.
Na organização e funcionamento da sua Repartição, que simultâneamente funciona como Chefia do Serviço de Pessoal para aquela Região, conseguiu dar-lhe boa eficiência, orientando e incentivando a iniciativa dos seus subordinados e criando um espírito de equipa de alto rendimento, face ao volumoso expediente que movimentam os serviços de pessoal.
Encarregado pelo Comando da Região Militar de Moçambique, de elaborar estudos específicos sobre problemas de pessoal, fê-los sempre com relevante clarividência e grande objectividade, propondo soluções mais práticas e eficientes. É de realçar, pela sua profundidade e importância, o respeitante à fixação de militares desmobilizados em actividade de povoamento na província.
Deslocou-se, quando possível, às unidades em zona de subversão activa, especialmente com vista ao recrutamento dos quadros para os grupos especiais.
Mercê da notável acção que desenvolveu, foi o coronel Neves Adelino, oficial dotado de grande vivacidade, generoso, inteligente e dedicadíssimo, um precioso auxiliar da acção do Comando da Região Militar de Moçambique, pelo que os seus importantes serviços devem ser considerados extraordinários, relevantes e distintos.
»

- em 10Nov1972 agraciado com a Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar.

- em 19Nov1973 agraciado com o grande-oficialato da Ordem Militar de Avis

Que a sua Alma descanse em Paz.

Elementos cedidos por um colaborador do portal UTW




CICLO DE PALESTRAS ORGANIZADO PELA REVISTA «DEFESA NACIONAL»
Datado de 11 de Fevereiro de 1960









_________________

avatar
Pirada
Admin

Número de Mensagens : 699
Data de inscrição : 19/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum